Melhores ações pagadoras de dividendos em 2020

Ações de companhias com tradição de pagar bons dividendos podem fornecer aos investidores uma renda previsível, bem como potencial de crescimento a longo prazo. No entanto, nem todas as ações pagadoras de dividendos são grandes investimentos, e muitos investidores não têm certeza de como começar sua busca.

Faz parte da estratégia de alguns investidores (a estratégia denominada popularmente de “buy and hold”) comprar ações que pagam bons dividendos e, com o reinvestimento dos dividendos em ações da própria companhia, fazer o patrimônio aumentar. Assim, ao longo do tempo, ao comprar mais ações da mesma companhia com dinheiro gerado pelos dividendos desta mesma companhia se potencializa o volume de dinheiro investido e, por conseguinte, os dividendos pagos. No fim do prazo planejado, os dividendos passam a ser utilizados como renda passiva e podem custear o estilo de vida que este investidor desejar ter.

Com isso em mente, aqui está uma lista de ações que pagam dividendos que você pode querer considerar além de algumas dicas e informações importantes que precisam ser observadas quando da escolha das ações com o objetivo de montar uma carteira com foco nos dividendos recebidos.

Conheça as ações que geraram mais dividendos no mundo

O Dividend Aristocrats Index, mantido pela S&P Indices, é um ótimo lugar para começar. Esta é uma coleção de várias empresas que aumentaram seus dividendos por pelo menos 25 anos consecutivos. 

Isso significa que cada empresa no índice deu aumentos aos investidores com sucesso, não apenas durante os bons tempos do mercado, mas também durante desacelerações mais voláteis, como o crash das “pontocom” no início dos anos 2000, a crise financeira de 2008-2009 e a pandemia COVID-19 até agora. Eles podem ser um investimento mais seguro do que a média de ações que pagam dividendos.

Aqui estão cinco grandes empresas desse índice para iniciar sua pesquisa, listadas em nenhuma ordem específica, seguidas por detalhes sobre cada empresa:

  1. Procter & Gamble (NYSE: PG): A fabricante de produtos de consumo Procter & Gamble aumentou seus dividendos por impressionantes 63 anos consecutivos. Possui um portfólio impressionante de marcas de produtos de consumo, incluindo Pampers, Downy, Tide, Charmin, Gillette, Head & Shoulders e Crest, apenas para citar alguns. Essas marcas não apenas dão à Procter & Gamble poder de precificação sobre os concorrentes, mas a maioria de seus produtos são itens de que as pessoas precisam, não importa o que a economia esteja fazendo.
  2. AT&T (NYSE: T): A gigante das telecomunicações AT&T tem aumentado seus dividendos todos os anos por quase quatro décadas e recebe uma receita estável semelhante a de serviços públicos de seus principais clientes de telefone sem fio e Internet de alta velocidade. E os movimentos agressivos da empresa para o entretenimento podem fornecer um potencial de crescimento de cauda longa.
  3. Renda imobiliária (NYSE: O): Este é um fundo de investimento imobiliário, ou REIT, que investe principalmente em propriedades de varejo com um único inquilino. A maioria dos inquilinos opera negócios resistentes à recessão, como drogarias, lojas de dólares e lojas de conveniência, e todos eles assinam contratos de aluguel de longo prazo com aumentos graduais de aluguel. Realty Income é um dos mais novos membros da Dividend Aristocrats, tendo ingressado índice em janeiro de 2020, após atingir 25 anos consecutivos de aumento de dividendos. Observe que a empresa não perdeu uma distribuição mensal para investidores em 50 anos.
  4. Johnson & Johnson (NYSE: JNJ): Como a Procter & Gamble, a Johnson & Johnson possui um portfólio de marcas excelentes que fazem os produtos de que as pessoas precisam – especificamente itens de saúde. Além de suas marcas Band-Aid, Neutrogena, Tylenol, Zyrtec, Benadryl e Johnson (entre outras), a Johnson & Johnson tem operações massivas e continuamente lucrativas em produtos farmacêuticos e dispositivos médicos, cuja combinação permitiu à empresa aumentar seu dividendo por quase 60 anos consecutivos.
  5. Target (NYSE: TGT): Você pode estar percebendo um tema comum aqui – a Target vende produtos que as pessoas precisam. Ela fez um excelente trabalho de crescimento de suas vendas on-line e, embora as vendas em alguns de seus departamentos – como eletrônicos – possam sofrer recessões, geralmente é um negócio bem isolado em tempos difíceis, razão pela qual proporcionou aos investidores 52 anos consecutivos de aumento de dividendos.

Conclusão

É claro que até mesmo as ações das companhias mais sólidas focadas no pagamento de dividendos podem experimentar uma volatilidade significativa em curtos períodos. Existem simplesmente muitas forças de mercado que podem movê-los para cima ou para baixo ao longo de dias ou semanas, muitos dos quais nada têm a ver com o próprio negócio subjacente, sendo resultado somente da pressão especulativa inerente aos mercados de ações.

Portanto, embora as empresas listadas acima devam continuar a sua tradição de distribuir dividendos aos seus acionistas no longo prazo, o investidor deve ter em mente que é possível que haja variações nos preços no curto prazo em virtude de pressões econômicas externas. Assim, ao invés de focar no preço e na cotação, o investidor que escolhe estas ações deve pensar em termos de valor, ou seja, analisar se a companhia possui fundamentos e perspectiva de crescimento e estabilidade no médio/longo prazo para que seja formado patrimônio e seja aproveitada a “mágica” trazida pela aplicação dos juros compostos em seus investimentos.

Gostou do conteúdo? Para mais artigos sobre mercado financeiro, continue em nosso blog.