Como escolher o seu Home Broker?

Escolher seu home broker não é muito diferente de escolher uma ação. Tudo começa com o conhecimento do seu estilo de investimento, funcionalidades, análises e taxas. E hoje você tem mais opções do que as gerações anteriores poderiam sonhar.

Neste artigo preparamos tudo o que você precisa para definir seu home broker.

Definindo o seu home broker: gratis ou premium?

celular mostrando gráfico em frente ao computador

A escolha do home broker a ser utilizado está diretamente ligada ao serviço, taxas cobradas, estabilidade de conexão, funcionalidades e assistência que se deseja. Hoje em dia a maioria das corretoras e grandes bancos já oferece aos seus clientes a possibilidade de negociar suas ações, títulos, fundos imobiliários e derivativos diretamente por meio de um home broker.

Antigamente esta negociação se dava por meio da negociação na mesa de operações, localizada diretamente na bolsa de valores. É aquela famosa cena de um monte de gente com telefone no ouvido gritando uns com os outros e negociando as ordens vinda dos investidores. Logicamente com a popularização do investimento em ações e o crescente número de investidores, ficaria inviável que a negociação continuasse ocorrendo daquela maneira arcaica. Além disso, com o advento a informatização, a correlação das ordens de compra e venda e a consequente conclusão da negociação ficou praticamente instantânea. Assim é que hoje em dia praticamente todos os investidores, dos maiores aos menores se utilizam de home brokers e plataformas digitais para a negociação dos seus ativos.

Mas como escolher um home broker? Bom, a nossa equipe entende que a escolha do home broker se assemelha à escolha da corretora de valores por meio da qual se irá operar. Na verdade, ele está intimamente ligado a ela porque é ela que irá fornecer a plataforma por meio da qual o investidor irá operar. Algumas corretoras oferecem mais de uma opção de home broker para que se opere por meio dela, mas a grande maioria desenvolve uma ferramenta bastante completa para o perfil dos seus investidores e, por isso, unifica a forma de operação.

Assim é que ao escolher a corretora e começar a operar é conveniente que se esteja familiarizado com o home broker e a plataforma que será disponibilizada para o envio das ordens e análises que serão feitas dos ativos que se opera.

Custos e taxas

Aqui também o investidor tem que ter em mente que a escolha da corretora e, consequentemente do home broker, implica na análise das taxas cobradas para a utilização e operação. Saber as taxas e outras cobranças que podem ser aplicadas a você é essencial para aproveitar ao máximo o valor do seu investimento. Aqui estão alguns custos a serem considerados:

  • Mínimos: a maioria dos corretores exige um saldo mínimo para abrir uma conta. Os corretores online normalmente têm os mínimos mais baixos.
  • Contas de margem: um novo investidor pode não querer abrir uma conta de margem imediatamente, mas é algo em que pensar no futuro. As contas de margem geralmente têm requisitos de saldo mínimo mais elevados do que as contas de corretagem padrão. Você também precisa verificar a taxa de juros que seu corretor cobra quando você faz uma negociação na margem.
  • Taxas de retirada: Alguns corretores cobram uma taxa para fazer um saque ou não permitem um saque se isso diminuir seu saldo abaixo do mínimo. Por outro lado, alguns permitem que você passe cheques contra sua conta, embora normalmente exijam um saldo mínimo alto. Certifique-se de compreender as regras envolvidas na remoção de dinheiro de uma conta.

Estilos de Investimento

homem operando tablet sobre gráficos

A escolha do home broker deve ser influenciada pelo estilo de investimento. Você é um trader ou um investidor de buy and hold?

Os traders não mantêm ações por muito tempo. Eles estão interessados ​​em ganhos rápidos maiores do que a média do mercado com base na volatilidade dos preços de curto prazo e podem realizar muitas operações comerciais em um curto espaço de tempo.

Se você se imagina como um operador de mercado, você vai querer procurar um home broker com taxas de execução muito baixas, ou as taxas de negociação poderiam prejudicar seus retornos.

Além disso, não se esqueça de que a negociação ativa exige experiência, e a combinação de um investidor inexperiente e negociações frequentes geralmente resulta em retornos negativos.

Um investidor de buy and hold, geralmente chamado de investidor passivo, detém ações de longo prazo. Os investidores que compram e mantêm ficam satisfeitos em permitir que o valor de seus investimentos se valorize ao longo de períodos mais longos.

Muitos investidores descobrirão que seu estilo de investimento fica em algum lugar entre o trader e o investidor de buy and hold, caso em que outros fatores se tornarão importantes na escolha do corretor mais adequado.

É importante distinguir ainda dois tipos de análises que fundamentam a escolha dos ativos que serão objeto do investimento: análise técnica (ou gráfica) e análise fundamentalista.

A análise técnica, ou gráfica, é baseada nos gráficos das variações de preços dos ativos para identificar tendências e movimentos. Já a análise fundamentalista analisa os balanços e divulgações das companhias para avaliar a oportunidade de compra ou venda de uma determinada ação.

Ambas as formas serão objeto de um post mais detalhado no futuro, mas é importante diferenciá-las porque elas também influenciam na escolha do home broker. Por exemplo, uma pessoa adepta da análise técnica precisa de um home broker que possua gráficos ou ferramentas gráficas aptas a subsidiar as suas análises, aspecto este totalmente desnecessário para aqueles que são adeptos da análise fundamentalista.

Assim é que é importante avaliar as funcionalidades do home broker para que seja possível fazer as análises de acordo com o seu perfil de investimentos.

Conclusão

Sua primeira corretora de valores e, consequentemente seu primeiro home broker, não será necessariamente o mesmo para o resto da vida. Sua vida mudará e suas necessidades como investidor podem mudar junto com ela. Mas você terá uma chance muito maior de ganhar dinheiro como investidor se investir o tempo necessário para escolher a corretora e o home broker certos e começar a investir.

O que achou do conteúdo? Se você ainda tem dúvidas, nos deixe um comentário.