Como se planejar para fazer uma viagem no pós-pandemia

Desde o começo da pandemia, as pessoas se viram obrigadas a cumprirem diversas medidas de isolamento social e, com isso, viagens do mundo todo foram canceladas.

Agora, depois de aproximadamente um ano e meio, com a vacinação avançando bastante em vários países, o turismo e as viagens internacionais estão voltando à cena, e com isso as pessoas desejam explorar o mundo neste período pós-pandemia.

A seguir, confira algumas dicas que vão te ajudar a organizar uma viagem e, de quebra, economizar o seu dinheiro. 

Antes de definir o destino

Comece a se organizar mesmo antes de definir o destino da viagem. Não é preciso estar com passagens compradas para montar um roteiro. Ler sobre destinos, conhecer outras cidades e países, entender mais sobre uma cultura diferente e passar o tempo pesquisando sobre viagem ajuda a relaxar.

Mesmo que você não saiba o rumo das suas próximas férias, esteja preparado para quando ela acontecer! E quanto mais você conhecer do mundo (mesmo que virtualmente), melhor! Um roteiro de viagem começa bem antes da compra da passagem aérea. Aproveite que você não tem “obrigação” com nenhuma rota específica e viaje pelo mundo todo!

Faça uma lista de alguns lugares que você gostaria de conhecer

Sonhar com alguns destinos já ajuda um bocado a ter foco na hora de buscar promoções e também de colher informações sobre a viagem tão desejada. 

Ter alguns prediletos em mente nos faz ficar antenados na busca por tudo que envolve a viagem. Agora, se você tiver o mundo todo como sonho a realizar, esse trabalho pode ficar extenso demais. 

Claro que de uma hora para outra a sua viagem pode mudar e uma rota inesperada pode surgir, mas, no geral, ter uma listinha básica dos seus objetivos de viagem ajudará bastante!

Comece a colher informações sobre os seus destinos favoritos

Esse é um dos momentos mais prazerosos na hora de montar um roteiro de viagem. Pesquisar sobre o destino, colher informações, descobrir as principais atrações e tudo o que envolve o seu sonho de viagem é sempre uma tarefa prazerosa. 

Enquanto você ainda não tem um destino exato, vale qualquer leitura, programa de TV, vídeos no YouTube ou conversas com amigos sobre o seu leque de opções.

 Tudo o que desperte ainda mais o seu interesse está valendo! Nesse momento, não é preciso anotar nada e nem se preocupar. É hora apenas de ter um primeiro contato com os destinos de viagem para entender um pouco melhor cada um deles.

Defina o número de dias e período da sua viagem

Saber quando e por quanto tempo você poderá viajar será fator decisivo na hora de definir o destino e montar o roteiro. Uma boa previsão de quantos dias e também da época para o embarque ajudará a definir quais opções da sua lista de desejos são mais adequadas. 

Se você sonha, por exemplo, em ver neve, não adianta embarcar em meio ao verão no destino. O número de dias disponíveis para a viagem também poderá afetar bastante a escolha. 

Se você tem muito tempo, poderá optar por destinos mais complexos, que exigem mais dias de viagem ou mesmo dividir as férias em mais de uma cidade.

Pesquise sobre o clima e a melhor época

Com o período da viagem já definido, comece a pesquisar sobre o clima, a alta temporada e as datas mais festivas das regiões para onde você pretende viajar. Nem todos os destinos são boas pedidas o ano inteiro e alguns deles podem ser bem mais especiais em algumas datas específicas.

É importante conhecer mais sobre o clima para não cair em roubada. Ao mesmo tempo, uma boa pesquisa ajuda a acertar em cheio o seu desejo, como ver as cerejeiras no Japão ou a Aurora Boreal nos países nórdicos.

O clima será um fator eliminatório importante na sua lista de destinos, mas a alta temporada e grandes datas festivas também podem influenciar bastante, especialmente a quantidade de gente ao mesmo tempo que você na cidade e os custos da viagem. 

Entender quando é a alta temporada e a melhor época para viajar ajudará na escolha do destino que case bem com a data disponível.

Avalie os custos da viagem

O orçamento de ninguém é ilimitado e muitas vezes precisamos adiar sonhos devido ao alto custo da viagem. Ter ideia de quanto você poderá gastar ajudará a eliminar alguns destinos da sua lista de prioridades. 

Pesquisar um pouco sobre cada roteiro e avaliar preços de passeios, passagens aéreas, alimentação e hospedagem será fundamental para ter ideia do que é possível dentro do orçamento previsto.

Não adianta ter 2000 reais disponíveis e querer fazer um safari de luxo na África do Sul. É preciso casar bem o que você tem para gastar com os custos da viagem.

Considerar todos os cenários possíveis em que você tenha que desembolsar uma quantia não planejada pode ser muito frustrante durante o período da viagem. 

Portanto, antes de iniciar qualquer projeto de férias com a família ou mochilão pela Europa, por exemplo, faça esses cálculos para que você não tenha estresse durante esse momento de diversão e lazer!